em desenvolvimento pessoal

 

Uma senhora, me enviou um email, me perguntando sobre o entusiasmo. Imediatamente me vi tomada por uma inspiração oriunda do meu entusiasmo pela vida. Resolvi escrever este texto para transmitir esta inspiração e explorar de forma bem prática este tópico tão importante. Quando estamos com entusiasmo estamos cheios de nós mesmos. O termo em si nos remete ao radical grego “en( em) + theos = Deus. O significado é em Deus, tomado por Deus.

Deus numa concepção maior e livre de Dogma é a sua versão expandida. Portanto, entusiasmo é o estado que percebemos quando estamos cheios de nós mesmos. Ele é diferente de motivação, pois não requer condições externas para se manifestar. O que desperta o entusiasmo cada vez mais crescente em nós é nos permitir estarmos cada vez mais na nossa natureza, é se permitir ser cada vez mais si mesmo. O exercício de ser si mesmo, de se aceitar irrestritamente, de se apoiar, de ficar sempre do seu lado é o que faz com que o entusiasmo surja e se expanda cada vez mais. Portanto, o mesmo vale para a ausência do entusiasmo.

Quando “compramos” a ideia de ser o que o outro quer que sejamos para obter a aceitação ou reconhecimento externo e entramos num movimento de autoabandono, autorejeição, autoanulação, perdemos a conexão conosco e perdemos o entusiasmo e o sentido. Assim, não nos sentiremos com energia, inspiração e a percepção do nosso sentido na vida não se tornará presente. Portanto, lembre-se: o melhor lugar para se estar é em você, assim estará no lugar certo no universo. Aprenda a se habitar por inteiro e sua natureza extraordinária se manifestará cada vez mais em sua vida criando saúde, prosperidade e sucesso.

 

Até breve,

Sim, TU CONSEGUES!

Publicações Recentes

Escreva um Comentário

Contacte-nos

Desejas mais informações, preenche o formulário.

Comece a escrever e pressione 'Enter' para pesquisar